• Nenhum produto no carrinho.

  • LOGIN

Register

Registration

* Our system require your registration and user details to identify you as user and to provide you all services associated with your profile, as courses related to your profile, information details related to your profile and education proccess relevant to your profile!

* Before starting registration proccess, be shure you prepare copy of your scanned as image (.jpg) Passport/ID cart first.

* After  our team will check the information submitted by you and your payment is approved ,  you will get the needed  access to our study materials.

Download Full User Manual

Fill the fields bellow and start
your registration and enrollment process

 

Account Details

Profile Details

Full Name (required)

This field can be seen by: Everyone

Phone Number (required)

This field can be seen by: Only Me

Location (required)

Student Location

This field can be seen by: Everyone Change

Who can see this field?
Close

Student Location

Zip Code (required)

This field can be seen by: Only Me

This field can be seen by: Only Me Change

Who can see this field?
Close

This field can be seen by: Only Me

Termos de serviço e política de privacidade

Acordos do Sistema de Distância ISA Israel

POR FAVOR, NÃO FAÇA ISSO
A inscrição em um Programa de Estudos Acadêmicos / Teóricos a Distância do ISA ISRAEL dá direito a APENAS um aluno de acesso aos materiais do programa. Alunos matriculados em qualquer um dos programas de estudos de segurança do ISA-ISRAEL estão proibidos de compartilhar material de estudo.

Política de cancelamento e reembolso
O cumprimento da inscrição no Programa de Estudos Acadêmicos / Teóricos a Distância do ISA ISRAEL é instantâneo. Assim que o aluno conclui seu processo de inscrição e pagamento, o aluno recebe o material de estudo e tem acesso ao exame. Desta forma, a ISA – ISRAEL não reembolsa qualquer valor pago.

Contrato
2007-2008 International Security Academy – Mirza David Ltd (“ISA”). Todos os direitos reservados. O estilo de treinamento, os conceitos de instrução e os formatos de modo de operação aqui contidos são de propriedade exclusiva da ISA-ISRAEL, são protegidos por lei e foram registrados como tal por organizações internacionais. Qualquer reprodução, distribuição, transmissão, exibição, publicação ou transmissão deste material, ou qualquer parte dele, sem a permissão prévia por escrito da ISA é estritamente proibida. Você não pode alterar ou remover qualquer marca registrada, direito autoral ou outro aviso das cópias do material. Ao receber e ler este material, você concorda que não contestará os direitos da ISA – ISRAEL sobre este material e que não registrará, tentará registrar, usará ou tentará usar de qualquer forma, qualquer conceito e/ou formato idêntico ou confusamente semelhantes aos apresentados aqui.


Termos de serviço da ISA Israel

1. Termos

Ao acessar o site em securityacademy. com OU qualquer um dos cursos práticos da ISA Israel, você concorda em cumprir estes termos de serviço, todas as leis e regulamentos aplicáveis e concorda que é responsável pelo cumprimento de quaisquer leis locais aplicáveis. Caso não concorde com qualquer um desses termos, você está proibido de usar ou acessar este site ou aplicar alguns dos cursos práticos da ISA. Os materiais contidos neste site são protegidos pelas leis de direitos autorais e marcas registradas aplicáveis.

2. Licença de uso

uma. É concedida permissão para baixar temporariamente uma cópia dos materiais (informações ou software) no site da ISA Israel apenas para visualização transitória pessoal e não comercial. Esta é a concessão de uma licença, não uma transferência de título, e sob esta licença você não pode:

  • modificar ou copiar os materiais;
  • usar os materiais para qualquer finalidade comercial ou para qualquer exibição pública (comercial ou não comercial);
  • tentar descompilar ou fazer engenharia reversa de qualquer software contido no site da ISA Israel;
  • remover quaisquer direitos autorais ou outras notações de propriedade dos materiais; ou
  • transferir os materiais para outra pessoa ou “espelhar” os materiais em qualquer outro servidor.

b. Esta licença será automaticamente rescindida se você violar qualquer uma dessas restrições e poderá ser rescindida pela ISA Israel a qualquer momento. Ao encerrar a visualização desses materiais ou ao término desta licença, você deve destruir qualquer material baixado em sua posse, seja em formato eletrônico ou impresso.

3. Isenção de responsabilidade

uma. Os materiais no site da ISA Israel são fornecidos 'como estão'. A ISA Israel não oferece garantias, expressas ou implícitas, e por meio deste renuncia e nega todas as outras garantias, incluindo, sem limitação, garantias implícitas ou condições de comercialização, adequação a uma finalidade específica ou não violação de propriedade intelectual ou outra violação de direitos.

b. Além disso, a ISA Israel não garante ou faz qualquer representação relativa à precisão, resultados prováveis ou confiabilidade do uso dos materiais em seu site ou de outra forma relacionados a tais materiais ou em sites vinculados a este site.

4. Limitações

Em nenhum caso a ISA Israel ou seus fornecedores serão responsáveis por quaisquer danos (incluindo, sem limitação, danos por perda de dados ou lucro, ou devido à interrupção dos negócios) decorrentes do uso ou incapacidade de usar os materiais no site da ISA ISrael, mesmo que a ISA Israel ou um representante autorizado da ISA Israel tenha sido notificado verbalmente ou por escrito sobre a possibilidade de tal dano. Como algumas jurisdições não permitem limitações em garantias implícitas ou limitações de responsabilidade por danos consequenciais ou incidentais, essas limitações podem não se aplicar a você.

5. Precisão dos materiais

Os materiais que aparecem no site da ISA Israel podem incluir erros técnicos, tipográficos ou fotográficos. A ISA Israel não garante que qualquer material em seu site seja preciso, completo ou atual. A ISA Israel pode fazer alterações nos materiais contidos em seu site a qualquer momento sem aviso prévio. No entanto, a ISA Israel não se compromete a atualizar os materiais.

6. Links

A ISA Israel não revisou todos os sites vinculados ao seu site e não é responsável pelo conteúdo de qualquer site vinculado. A inclusão de qualquer link não implica endosso por parte da ISA Israel do site. O uso de qualquer site vinculado é por conta e risco do usuário.

7. Modificações

  • A ISA Israel pode revisar estes termos de serviço de seu site a qualquer momento sem aviso prévio. Ao usar este site, você concorda em ficar vinculado à versão atual destes termos de serviço.
  •  A ISA Israel reserva-se o direito de expandir, reduzir ou alterar o programa de cursos a qualquer momento.
  • A ISA Israel reserva-se o direito de encerrar o acesso de um usuário a esse site OU a participação do estagiário de qualquer um dos cursos práticos da ISA Israel por motivos disciplinares.

8. Lei Aplicável

Estes termos e condições são regidos e interpretados de acordo com as leis de Israel e você se submete irrevogavelmente à jurisdição exclusiva dos tribunais daquele Estado ou localidade.


Política de Privacidade

Estamos muito satisfeitos por você ter demonstrado interesse em nossa empresa. A proteção de dados é uma prioridade particularmente alta para a gestão da ISA Israel. O uso das páginas da Internet da ISA Israel é possível sem qualquer indicação de dados pessoais; no entanto, se um titular de dados quiser usar serviços empresariais especiais por meio de nosso site, o processamento de dados pessoais pode se tornar necessário. Se o processamento de dados pessoais for necessário e não houver base legal para tal processamento, geralmente obtemos o consentimento do titular dos dados.

O processamento de dados pessoais, como nome, endereço, endereço de e-mail ou número de telefone de um titular de dados, deve estar sempre de acordo com o Regulamento Geral de Proteção de Dados (GDPR) e de acordo com a proteção de dados específica do país regulamentos aplicáveis à ISA Israel. Por meio desta declaração de proteção de dados, nossa empresa gostaria de informar o público em geral sobre a natureza, o escopo e a finalidade dos dados pessoais que coletamos, usamos e processamos. Além disso, os titulares dos dados são informados, por meio desta declaração de proteção de dados, dos direitos a que têm direito.

Como controladora, a ISA Israel implementou inúmeras medidas técnicas e organizacionais para garantir a proteção mais completa dos dados pessoais processados por meio deste site. No entanto, as transmissões de dados baseadas na Internet podem, em princípio, ter falhas de segurança, portanto, a proteção absoluta pode não ser garantida. Por esta razão, cada titular de dados é livre para transferir dados pessoais para nós por meios alternativos, por exemplo, por telefone.

1. Definições

A declaração de proteção de dados da ISA Israel é baseada nos termos usados pelo legislador europeu para a adoção do Regulamento Geral de Proteção de Dados (GDPR). Nossa declaração de proteção de dados deve ser legível e compreensível para o público em geral, bem como para nossos clientes e parceiros de negócios. Para garantir isso, gostaríamos de explicar primeiro a terminologia usada.

Nesta declaração de proteção de dados, usamos, entre outros, os seguintes termos:

  • a) Dados pessoais

    Dados pessoais significa qualquer informação relativa a uma pessoa singular identificada ou identificável (“titular dos dados”). Uma pessoa singular identificável é aquela que pode ser identificada, direta ou indiretamente, em especial por referência a um identificador, como um nome, um número de identificação, dados de localização, um identificador online ou a um ou mais fatores específicos da natureza física, fisiológica, identidade genética, mental, económica, cultural ou social dessa pessoa singular.

  • b) Titular dos dados

    O titular dos dados é qualquer pessoa singular identificada ou identificável, cujos dados pessoais sejam tratados pelo responsável pelo tratamento.

  • c) Processamento

    O tratamento é qualquer operação ou conjunto de operações que se realizem sobre dados pessoais ou sobre conjuntos de dados pessoais, por meios automatizados ou não, tais como recolha, registo, organização, estruturação, armazenamento, adaptação ou alteração, recuperação, consulta, utilização, divulgação por transmissão, disseminação ou disponibilização de outra forma, alinhamento ou combinação, restrição, apagamento ou destruição.

  • d) Restrição de processamento

    A restrição de processamento é a marcação de dados pessoais armazenados com o objetivo de limitar seu processamento no futuro.

  • e) Perfilagem

    Definição de perfil significa qualquer forma de processamento automatizado de dados pessoais que consiste no uso de dados pessoais para avaliar certos aspectos pessoais relativos a uma pessoa física, em particular para analisar ou prever aspectos relacionados ao desempenho dessa pessoa física no trabalho, situação econômica, saúde, preferências pessoais , interesses, confiabilidade, comportamento, localização ou movimentos.

  • f) Pseudonimização

    Pseudonimização é o processamento de dados pessoais de forma que os dados pessoais não possam mais ser atribuídos a um titular de dados específico sem o uso de informações adicionais, desde que essas informações adicionais sejam mantidas separadamente e estejam sujeitas a medidas técnicas e organizacionais para garantir que os dados pessoais não sejam atribuídos a uma pessoa singular identificada ou identificável.

  • g) Controlador ou controlador responsável pelo processamento

    Responsável pelo tratamento ou responsável pelo tratamento é a pessoa singular ou colectiva, autoridade pública, agência ou outro organismo que, isoladamente ou em conjunto com outros, determine as finalidades e meios do tratamento dos dados pessoais; sempre que as finalidades e os meios desse tratamento sejam determinados pelo direito da União ou do Estado-Membro, o responsável pelo tratamento ou os critérios específicos para a sua nomeação podem ser previstos pelo direito da União ou do Estado-Membro.

  • h) Processador

    Processador é uma pessoa física ou jurídica, autoridade pública, agência ou outro órgão que processa dados pessoais em nome do controlador.

  • e) Destinatário

    Destinatário é uma pessoa física ou jurídica, autoridade pública, agência ou outro órgão, a quem os dados pessoais são divulgados, seja um terceiro ou não. No entanto, as autoridades públicas que podem receber dados pessoais no âmbito de um inquérito específico em conformidade com a legislação da União ou do Estado-Membro não são consideradas destinatários; o processamento desses dados por essas autoridades públicas deve estar em conformidade com as regras de proteção de dados aplicáveis de acordo com as finalidades do processamento.

  • j) Terceiros

    Terceiro é uma pessoa física ou jurídica, autoridade pública, agência ou órgão que não seja o titular dos dados, controlador, processador e pessoas que, sob a autoridade direta do controlador ou processador, estão autorizadas a processar dados pessoais.

  • k) Consentimento

    O consentimento do titular dos dados é qualquer indicação dada livremente, específica, informada e inequívoca da vontade do titular dos dados, pela qual ele, por uma declaração ou por uma ação afirmativa clara, significa concordar com o processamento de dados pessoais relacionados a ele .

2. Nome do controlador

O controlador para efeitos do Regulamento Geral de Proteção de Dados (GDPR), outras leis de proteção de dados aplicáveis nos estados membros da União Europeia e outras disposições relacionadas à proteção de dados é:

ISA Israel

Site: https://securityacademy.com/

3. Biscoitos

As páginas da Internet da ISA Israel usam cookies. Cookies são arquivos de texto que são armazenados em um sistema de computador por meio de um navegador da Internet.

Muitos sites e servidores da Internet usam cookies. Muitos cookies contêm o chamado ID de cookie. Um ID de cookie é um identificador exclusivo do cookie. Consiste em uma cadeia de caracteres através da qual as páginas e servidores da Internet podem ser atribuídos ao navegador de Internet específico no qual o cookie foi armazenado. Isso permite que os sites e servidores da Internet visitados diferenciem o navegador individual dos dados em questão de outros navegadores da Internet que contenham outros cookies. Um navegador de Internet específico pode ser reconhecido e identificado usando o ID de cookie exclusivo.

Através do uso de cookies, a ISA Israel pode fornecer aos usuários deste site serviços mais amigáveis que não seriam possíveis sem a configuração de cookies.

Por meio de um cookie, as informações e ofertas em nosso site podem ser otimizadas pensando no usuário. Os cookies nos permitem, como mencionado anteriormente, reconhecer os usuários do nosso site. O objetivo deste reconhecimento é tornar mais fácil para os usuários utilizarem nosso site. O usuário do site que usa cookies, por exemplo, não precisa inserir dados de acesso cada vez que o site é acessado, pois isso é assumido pelo site, e o cookie é armazenado no sistema do computador do usuário. Outro exemplo é o cookie de um carrinho de compras em uma loja online. A loja online memoriza os artigos que um cliente colocou no carrinho de compras virtual através de um cookie.

O titular dos dados pode, a qualquer momento, impedir a configuração de cookies através do nosso site por meio de uma configuração correspondente do navegador de Internet utilizado, podendo assim negar permanentemente a configuração de cookies. Além disso, os cookies já definidos podem ser excluídos a qualquer momento por meio de um navegador de Internet ou outros programas de software. Isso é possível em todos os navegadores de Internet populares. Se o titular dos dados desativar a configuração de cookies no navegador de Internet utilizado, nem todas as funções do nosso site poderão ser totalmente utilizáveis.

4. Coleta de dados e informações gerais

O site da ISA Israel coleta uma série de dados e informações gerais quando um titular de dados ou sistema automatizado acessa o site. Esses dados e informações gerais são armazenados nos arquivos de log do servidor. Podem ser coletados (1) os tipos e versões de navegador usados, (2) o sistema operacional usado pelo sistema de acesso, (3) o site do qual um sistema de acesso chega ao nosso site (os chamados referenciadores), (4) o sub -sites, (5) a data e hora de acesso ao site da Internet, (6) um endereço de protocolo da Internet (endereço IP), (7) o provedor de serviços de Internet do sistema de acesso e (8) quaisquer outros dados e informações que podem ser usadas em caso de ataques aos nossos sistemas de tecnologia da informação.

Ao usar esses dados e informações gerais, a ISA Israel não tira conclusões sobre o titular dos dados. Em vez disso, essas informações são necessárias para (1) fornecer o conteúdo do nosso site corretamente, (2) otimizar o conteúdo do nosso site, bem como sua publicidade, (3) garantir a viabilidade a longo prazo de nossos sistemas de tecnologia da informação e tecnologia do site , e (4) fornecer às autoridades responsáveis pela aplicação da lei as informações necessárias para o processo criminal em caso de ataque cibernético. Portanto, a ISA Israel analisa dados e informações coletadas anonimamente estatisticamente, com o objetivo de aumentar a proteção e segurança de dados de nossa empresa e garantir um nível ideal de proteção para os dados pessoais que processamos. Os dados anônimos dos arquivos de log do servidor são armazenados separadamente de todos os dados pessoais fornecidos por um titular de dados.

5. Registro em nosso site

O titular dos dados tem a possibilidade de se registar no site do responsável pelo tratamento com a indicação dos dados pessoais. Quais dados pessoais são transmitidos ao controlador é determinado pela respectiva máscara de entrada usada para o registro. Os dados pessoais inseridos pelo titular dos dados são coletados e armazenados exclusivamente para uso interno do controlador e para seus próprios fins. O controlador pode solicitar a transferência para um ou mais processadores (por exemplo, um serviço de encomendas) que também usa dados pessoais para fins internos atribuíveis ao controlador.

Ao se registrar no site do controlador, o endereço IP – atribuído pelo provedor de serviços de Internet (ISP) e usado pelo titular dos dados – data e hora do registro também são armazenados. O armazenamento desses dados ocorre no contexto de que esta é a única maneira de evitar o uso indevido de nossos serviços e, se necessário, possibilitar a investigação de infrações cometidas. Na medida em que o armazenamento desses dados é necessário para proteger o controlador. Esses dados não são transmitidos a terceiros, a menos que haja uma obrigação legal de transmitir os dados, ou se a transferência servir ao objetivo de processo criminal.

O registo do titular dos dados, com a indicação voluntária de dados pessoais, destina-se a permitir ao responsável pelo tratamento oferecer ao titular dos dados conteúdos ou serviços que apenas poderão ser oferecidos a utilizadores registados devido à natureza da matéria em causa. As pessoas registradas são livres para alterar os dados pessoais especificados durante o registro a qualquer momento ou excluí-los completamente do estoque de dados do controlador.

O controlador de dados deve, a qualquer momento, fornecer informações, mediante solicitação, a cada titular de dados sobre quais dados pessoais são armazenados sobre o titular de dados. Além disso, o responsável pelo tratamento deve corrigir ou apagar os dados pessoais a pedido ou indicação do titular dos dados, desde que não existam obrigações legais de armazenamento. Todos os funcionários do controlador estão disponíveis para o titular dos dados a esse respeito como pessoas de contato.

6. Assinatura de nossas newsletters

No site da ISA Israel, os usuários têm a oportunidade de assinar o boletim informativo de nossa empresa. A máscara de entrada usada para esse fim determina quais dados pessoais são transmitidos, bem como quando a newsletter é solicitada ao controlador.

A ISA Israel informa seus clientes e parceiros de negócios regularmente por meio de um boletim informativo sobre ofertas corporativas. A newsletter da empresa só pode ser recebida pelo titular dos dados se (1) o titular dos dados tiver um endereço de e-mail válido e (2) o titular dos dados se registar para o envio da newsletter. Um e-mail de confirmação será enviado para o endereço de e-mail registrado por um titular de dados pela primeira vez para envio de newsletter, por motivos legais, no procedimento de double opt-in. Este e-mail de confirmação serve para comprovar se o titular do endereço de e-mail como titular dos dados está autorizado a receber a newsletter.

Durante o registo na newsletter, também armazenamos o endereço IP do sistema informático atribuído pelo fornecedor de serviços de Internet (ISP) e utilizado pelo titular dos dados no momento do registo, bem como a data e hora do registo. A recolha destes dados é necessária para compreender o (possível) uso indevido do endereço de e-mail de um titular de dados numa data posterior e, portanto, serve o objetivo da proteção legal do responsável pelo tratamento.

Os dados pessoais recolhidos como parte de um registo na newsletter serão utilizados apenas para enviar a nossa newsletter. Além disso, os assinantes da newsletter podem ser informados por e-mail, desde que isso seja necessário para o funcionamento do serviço de newsletter ou para um registro em questão, como poderia ser o caso em caso de modificações na oferta da newsletter, ou no caso de uma mudança nas circunstâncias técnicas. Não haverá transferência de dados pessoais coletados pelo serviço de newsletter para terceiros. A subscrição da nossa newsletter pode ser rescindida pelo titular dos dados a qualquer momento. O consentimento para o armazenamento de dados pessoais, que o titular dos dados forneceu para o envio da newsletter, pode ser revogado a qualquer momento. Para efeitos de revogação do consentimento, encontra-se um link correspondente em cada newsletter. Também é possível cancelar a assinatura do boletim informativo a qualquer momento diretamente no site do controlador ou comunicar isso ao controlador de maneira diferente.

7. Acompanhamento de Boletim Informativo

O boletim informativo da ISA Israel contém os chamados pixels de rastreamento. Um pixel de rastreamento é um gráfico em miniatura embutido nesses e-mails, que são enviados em formato HTML para permitir a gravação e análise do arquivo de log. Isso permite uma análise estatística do sucesso ou fracasso das campanhas de marketing online. Com base no pixel de rastreamento incorporado, a ISA Israel pode ver se e quando um e-mail foi aberto por um titular de dados e quais links no e-mail foram chamados pelos titulares de dados.

Esses dados pessoais coletados nos pixels de rastreamento contidos nas newsletters são armazenados e analisados pelo controlador para otimizar o envio da newsletter, bem como para adaptar ainda melhor o conteúdo de futuras newsletters aos interesses do titular dos dados. Esses dados pessoais não serão repassados a terceiros. Os titulares dos dados têm, a qualquer momento, o direito de revogar a respetiva declaração separada de consentimento emitida por meio do procedimento de double-opt-in. Após uma revogação, esses dados pessoais serão excluídos pelo controlador. A ISA Israel considera automaticamente a retirada do recebimento do boletim informativo como uma revogação.

8. Possibilidade de contato pelo site

O site da ISA Israel contém informações que permitem um rápido contato eletrônico com nossa empresa, bem como a comunicação direta conosco, que inclui também um endereço geral do chamado correio eletrônico (endereço de e-mail). Se um titular de dados entrar em contato com o controlador por e-mail ou por meio de um formulário de contato, os dados pessoais transmitidos pelo titular dos dados serão armazenados automaticamente. Esses dados pessoais transmitidos voluntariamente por um titular de dados ao controlador de dados são armazenados para fins de processamento ou contato com o titular dos dados. Não há transferência desses dados pessoais para terceiros.

9. Apagamento de rotina e bloqueio de dados pessoais

O controlador de dados deve processar e armazenar os dados pessoais do titular dos dados apenas pelo período necessário para atingir a finalidade de armazenamento, ou na medida em que isso seja concedido pelo legislador europeu ou outros legisladores em leis ou regulamentos aos quais o controlador esteja sujeito para.

Se a finalidade de armazenamento não for aplicável, ou se expirar um período de armazenamento prescrito pelo legislador europeu ou outro legislador competente, os dados pessoais são rotineiramente bloqueados ou apagados de acordo com os requisitos legais.

10. Direitos do titular dos dados

  • a) Direito de confirmação

    Cada titular de dados terá o direito concedido pelo legislador europeu de obter do responsável pelo tratamento a confirmação de que os dados pessoais que lhe dizem respeito estão a ser tratados. Se um titular de dados desejar fazer uso desse direito de confirmação, ele poderá, a qualquer momento, entrar em contato com qualquer funcionário do controlador.

  • b) Direito de acesso

    Cada titular de dados terá o direito concedido pelo legislador europeu de obter do controlador informações gratuitas sobre seus dados pessoais armazenados a qualquer momento e uma cópia dessas informações. Além disso, as diretivas e regulamentos europeus concedem ao titular dos dados acesso às seguintes informações:

    • as finalidades do processamento;
    • as categorias de dados pessoais em questão;
    • os destinatários ou categorias de destinatários a quem os dados pessoais foram ou serão divulgados, em particular destinatários em países terceiros ou organizações internacionais;
    • sempre que possível, o período previsto para o qual os dados pessoais serão armazenados ou, se não for possível, os critérios utilizados para determinar esse período;
    • a existência do direito de solicitar ao responsável pelo tratamento a retificação ou o apagamento dos dados pessoais, ou a restrição do tratamento dos dados pessoais relativos ao titular dos dados, ou de se opor a tal tratamento;
    • a existência do direito de apresentar reclamação a uma autoridade de controlo;
    • quando os dados pessoais não forem recolhidos do titular dos dados, qualquer informação disponível quanto à sua fonte;
    • a existência de tomadas de decisão automatizadas, incluindo a definição de perfis, referidas no artigo 22.º, n.ºs 1 e 4, do RGPD e, pelo menos nesses casos, informações significativas sobre a lógica envolvida, bem como o significado e as consequências previstas da tal tratamento para o titular dos dados.

    Além disso, o titular dos dados terá o direito de obter informações sobre se os dados pessoais são transferidos para um país terceiro ou para uma organização internacional. Se for esse o caso, o titular dos dados terá o direito de ser informado das garantias adequadas relacionadas com a transferência.

    Se um titular de dados desejar fazer uso desse direito de acesso, ele poderá, a qualquer momento, entrar em contato com qualquer funcionário do controlador.

  • c) Direito de retificação

    Cada titular de dados terá o direito concedido pelo legislador europeu de obter do responsável pelo tratamento, sem demora injustificada, a retificação de dados pessoais inexatos que lhe digam respeito. Tendo em conta as finalidades do tratamento, o titular dos dados tem direito ao preenchimento dos dados pessoais incompletos, inclusive mediante o fornecimento de uma declaração complementar.

    Caso um titular de dados pretenda exercer este direito de retificação, pode, a qualquer momento, contactar qualquer colaborador do responsável pelo tratamento.

  • d) Direito ao apagamento (Direito ao esquecimento)

    Cada titular de dados tem o direito conferido pelo legislador europeu de obter do responsável pelo tratamento o apagamento dos dados pessoais que lhe digam respeito sem demora injustificada, devendo o responsável pelo tratamento ter a obrigação de apagar os dados pessoais sem demora injustificada sempre que um dos seguintes motivos se aplica, desde que o processamento não seja necessário:

    • Os dados pessoais não são mais necessários em relação às finalidades para as quais foram coletados ou processados de outra forma.
    • O titular dos dados retira o consentimento em que se baseia o tratamento de acordo com a alínea a) do n.º 1 do artigo 6.º do RGPD, ou alínea a) do n.º 2 do artigo 9.º do RGPD, e quando não exista outro fundamento legal para o processamento.
    • O titular dos dados se opõe ao processamento de acordo com o Artigo 21(1) do GDPR e não há motivos legítimos para o processamento, ou o titular dos dados se opõe ao processamento de acordo com o Artigo 21(2) do GDPR.
    • Os dados pessoais foram processados ilegalmente.
    • Os dados pessoais devem ser apagados para cumprimento de uma obrigação legal na legislação da União ou do Estado-Membro a que o responsável pelo tratamento esteja sujeito.
    • Os dados pessoais foram recolhidos em relação à oferta de serviços da sociedade da informação referidos no artigo 8.º, n.º 1, do RGPD.

    Se um dos motivos mencionados acima se aplicar e um titular de dados desejar solicitar o apagamento de dados pessoais armazenados pela ISA Israel, ele poderá, a qualquer momento, entrar em contato com qualquer funcionário do controlador. Um funcionário da ISA Israel deve garantir imediatamente que a solicitação de apagamento seja atendida imediatamente.

    Caso o responsável pelo tratamento tenha tornado públicos os dados pessoais e esteja obrigado, nos termos do artigo 17.º, n.º 1, a apagar os dados pessoais, o responsável pelo tratamento, tendo em conta a tecnologia disponível e os custos de implementação, deve tomar medidas razoáveis, incluindo medidas técnicas, para informar outros controladores que processam os dados pessoais para os quais o titular dos dados solicitou o apagamento por esses controladores de quaisquer links ou cópia ou replicação desses dados pessoais, desde que o processamento não seja necessário. Um funcionário da ISA Israel providenciará as medidas necessárias em casos individuais.

  • e) Direito de restrição de processamento

    Cada titular de dados terá o direito concedido pelo legislador europeu de obter do responsável pelo tratamento a restrição de processamento quando se aplicar um dos seguintes:

    • A exatidão dos dados pessoais é contestada pelo titular dos dados, durante um período que permite ao responsável pelo tratamento verificar a exatidão dos dados pessoais.
    • O tratamento é ilícito e o titular dos dados opõe-se ao apagamento dos dados pessoais e solicita, em vez disso, a restrição da sua utilização.
    • The controller no longer needs the personal data for the purposes of the processing, but they are required by the data subject for the establishment, exercise or defence of legal claims.
    • The data subject has objected to processing pursuant to Article 21(1) of the GDPR pending the verification whether the legitimate grounds of the controller override those of the data subject.

    If one of the aforementioned conditions is met, and a data subject wishes to request the restriction of the processing of personal data stored by the ISA Israel, he or she may at any time contact any employee of the controller. The employee of the ISA Israel will arrange the restriction of the processing.

  • f) Right to data portability

    Each data subject shall have the right granted by the European legislator, to receive the personal data concerning him or her, which was provided to a controller, in a structured, commonly used and machine-readable format. He or she shall have the right to transmit those data to another controller without hindrance from the controller to which the personal data have been provided, as long as the processing is based on consent pursuant to point (a) of Article 6(1) of the GDPR or point (a) of Article 9(2) of the GDPR, or on a contract pursuant to point (b) of Article 6(1) of the GDPR, and the processing is carried out by automated means, as long as the processing is not necessary for the performance of a task carried out in the public interest or in the exercise of official authority vested in the controller.

    Furthermore, in exercising his or her right to data portability pursuant to Article 20(1) of the GDPR, the data subject shall have the right to have personal data transmitted directly from one controller to another, where technically feasible and when doing so does not adversely affect the rights and freedoms of others.

    In order to assert the right to data portability, the data subject may at any time contact any employee of the ISA Israel.

  • g) Right to object

    Each data subject shall have the right granted by the European legislator to object, on grounds relating to his or her particular situation, at any time, to processing of personal data concerning him or her, which is based on point (e) or (f) of Article 6(1) of the GDPR. This also applies to profiling based on these provisions.

    The ISA Israel shall no longer process the personal data in the event of the objection, unless we can demonstrate compelling legitimate grounds for the processing which override the interests, rights and freedoms of the data subject, or for the establishment, exercise or defence of legal claims.

    If the ISA Israel processes personal data for direct marketing purposes, the data subject shall have the right to object at any time to processing of personal data concerning him or her for such marketing. This applies to profiling to the extent that it is related to such direct marketing. If the data subject objects to the ISA Israel to the processing for direct marketing purposes, the ISA Israel will no longer process the personal data for these purposes.

    In addition, the data subject has the right, on grounds relating to his or her particular situation, to object to processing of personal data concerning him or her by the ISA Israel for scientific or historical research purposes, or for statistical purposes pursuant to Article 89(1) of the GDPR, unless the processing is necessary for the performance of a task carried out for reasons of public interest.

    In order to exercise the right to object, the data subject may contact any employee of the ISA Israel. In addition, the data subject is free in the context of the use of information society services, and notwithstanding Directive 2002/58/EC, to use his or her right to object by automated means using technical specifications.

  • h) Automated individual decision-making, including profiling

    Each data subject shall have the right granted by the European legislator not to be subject to a decision based solely on automated processing, including profiling, which produces legal effects concerning him or her, or similarly significantly affects him or her, as long as the decision (1) is not is necessary for entering into, or the performance of, a contract between the data subject and a data controller, or (2) is not authorised by Union or Member State law to which the controller is subject and which also lays down suitable measures to safeguard the data subject’s rights and freedoms and legitimate interests, or (3) is not based on the data subject’s explicit consent.

    If the decision (1) is necessary for entering into, or the performance of, a contract between the data subject and a data controller, or (2) it is based on the data subject’s explicit consent, the ISA Israel shall implement suitable measures to safeguard the data subject’s rights and freedoms and legitimate interests, at least the right to obtain human intervention on the part of the controller, to express his or her point of view and contest the decision.

    If the data subject wishes to exercise the rights concerning automated individual decision-making, he or she may, at any time, contact any employee of the ISA Israel.

  • i) Right to withdraw data protection consent

    Each data subject shall have the right granted by the European legislator to withdraw his or her consent to processing of his or her personal data at any time.

    If the data subject wishes to exercise the right to withdraw the consent, he or she may, at any time, contact any employee of the ISA Israel.

11. Data protection provisions about the application and use of Facebook

On this website, the controller has integrated components of the enterprise Facebook. Facebook is a social network.

A social network is a place for social meetings on the Internet, an online community, which usually allows users to communicate with each other and interact in a virtual space. A social network may serve as a platform for the exchange of opinions and experiences, or enable the Internet community to provide personal or business-related information. Facebook allows social network users to include the creation of private profiles, upload photos, and network through friend requests.

The operating company of Facebook is Facebook, Inc., 1 Hacker Way, Menlo Park, CA 94025, United States. If a person lives outside of the United States or Canada, the controller is the Facebook Ireland Ltd., 4 Grand Canal Square, Grand Canal Harbour, Dublin 2, Ireland.

With each call-up to one of the individual pages of this Internet website, which is operated by the controller and into which a Facebook component (Facebook plug-ins) was integrated, the web browser on the information technology system of the data subject is automatically prompted to download display of the corresponding Facebook component from Facebook through the Facebook component. An overview of all the Facebook Plug-ins may be accessed under https://developers.facebook.com/docs/plugins/. During the course of this technical procedure, Facebook is made aware of what specific sub-site of our website was visited by the data subject.

If the data subject is logged in at the same time on Facebook, Facebook detects with every call-up to our website by the data subject—and for the entire duration of their stay on our Internet site—which specific sub-site of our Internet page was visited by the data subject. This information is collected through the Facebook component and associated with the respective Facebook account of the data subject. If the data subject clicks on one of the Facebook buttons integrated into our website, e.g. the “Like” button, or if the data subject submits a comment, then Facebook matches this information with the personal Facebook user account of the data subject and stores the personal data.

Facebook always receives, through the Facebook component, information about a visit to our website by the data subject, whenever the data subject is logged in at the same time on Facebook during the time of the call-up to our website. This occurs regardless of whether the data subject clicks on the Facebook component or not. If such a transmission of information to Facebook is not desirable for the data subject, then he or she may prevent this by logging off from their Facebook account before a call-up to our website is made.

The data protection guideline published by Facebook, which is available at https://facebook.com/about/privacy/, provides information about the collection, processing and use of personal data by Facebook. In addition, it is explained there what setting options Facebook offers to protect the privacy of the data subject. In addition, different configuration options are made available to allow the elimination of data transmission to Facebook. These applications may be used by the data subject to eliminate a data transmission to Facebook.

12. Data protection provisions about the application and use of Google Analytics (with anonymization function)

On this website, the controller has integrated the component of Google Analytics (with the anonymizer function). Google Analytics is a web analytics service. Web analytics is the collection, gathering, and analysis of data about the behavior of visitors to websites. A web analysis service collects, inter alia, data about the website from which a person has come (the so-called referrer), which sub-pages were visited, or how often and for what duration a sub-page was viewed. Web analytics are mainly used for the optimization of a website and in order to carry out a cost-benefit analysis of Internet advertising.

The operator of the Google Analytics component is Google Inc., 1600 Amphitheatre Pkwy, Mountain View, CA 94043-1351, United States.

For the web analytics through Google Analytics the controller uses the application “_gat. _anonymizeIp”. By means of this application the IP address of the Internet connection of the data subject is abridged by Google and anonymised when accessing our websites from a Member State of the European Union or another Contracting State to the Agreement on the European Economic Area.

The purpose of the Google Analytics component is to analyze the traffic on our website. Google uses the collected data and information, inter alia, to evaluate the use of our website and to provide online reports, which show the activities on our websites, and to provide other services concerning the use of our Internet site for us.

Google Analytics places a cookie on the information technology system of the data subject. The definition of cookies is explained above. With the setting of the cookie, Google is enabled to analyze the use of our website. With each call-up to one of the individual pages of this Internet site, which is operated by the controller and into which a Google Analytics component was integrated, the Internet browser on the information technology system of the data subject will automatically submit data through the Google Analytics component for the purpose of online advertising and the settlement of commissions to Google. During the course of this technical procedure, the enterprise Google gains knowledge of personal information, such as the IP address of the data subject, which serves Google, inter alia, to understand the origin of visitors and clicks, and subsequently create commission settlements.

The cookie is used to store personal information, such as the access time, the location from which the access was made, and the frequency of visits of our website by the data subject. With each visit to our Internet site, such personal data, including the IP address of the Internet access used by the data subject, will be transmitted to Google in the United States of America. These personal data are stored by Google in the United States of America. Google may pass these personal data collected through the technical procedure to third parties.

The data subject may, as stated above, prevent the setting of cookies through our website at any time by means of a corresponding adjustment of the web browser used and thus permanently deny the setting of cookies. Such an adjustment to the Internet browser used would also prevent Google Analytics from setting a cookie on the information technology system of the data subject. In addition, cookies already in use by Google Analytics may be deleted at any time via a web browser or other software programs.

In addition, the data subject has the possibility of objecting to a collection of data that are generated by Google Analytics, which is related to the use of this website, as well as the processing of this data by Google and the chance to preclude any such. For this purpose, the data subject must download a browser add-on under the link https://tools.google.com/dlpage/gaoptout and install it. This browser add-on tells Google Analytics through a JavaScript, that any data and information about the visits of Internet pages may not be transmitted to Google Analytics. The installation of the browser add-ons is considered an objection by Google. If the information technology system of the data subject is later deleted, formatted, or newly installed, then the data subject must reinstall the browser add-ons to disable Google Analytics. If the browser add-on was uninstalled by the data subject or any other person who is attributable to their sphere of competence, or is disabled, it is possible to execute the reinstallation or reactivation of the browser add-ons.

Further information and the applicable data protection provisions of Google may be retrieved under https://www.google.com/intl/en/policies/privacy/ and under http://www.google.com/analytics/terms/us.html. Google Analytics is further explained under the following Link https://www.google.com/analytics/.

13. Data protection provisions about the application and use of Google+

On this website, the controller has integrated the Google+ button as a component. Google+ is a so-called social network. A social network is a social meeting place on the Internet, an online community, which usually allows users to communicate with each other and interact in a virtual space. A social network may serve as a platform for the exchange of opinions and experiences, or enable the Internet community to provide personal or business-related information. Google+ allows users of the social network to include the creation of private profiles, upload photos and network through friend requests.

The operating company of Google+ is Google Inc., 1600 Amphitheatre Pkwy, Mountain View, CA 94043-1351, UNITED STATES.

With each call-up to one of the individual pages of this website, which is operated by the controller and on which a Google+ button has been integrated, the Internet browser on the information technology system of the data subject automatically downloads a display of the corresponding Google+ button of Google through the respective Google+ button component. During the course of this technical procedure, Google is made aware of what specific sub-page of our website was visited by the data subject. More detailed information about Google+ is available under https://developers.google.com/+/.

If the data subject is logged in at the same time to Google+, Google recognizes with each call-up to our website by the data subject and for the entire duration of his or her stay on our Internet site, which specific sub-pages of our Internet page were visited by the data subject. This information is collected through the Google+ button and Google matches this with the respective Google+ account associated with the data subject.

If the data subject clicks on the Google+ button integrated on our website and thus gives a Google+ 1 recommendation, then Google assigns this information to the personal Google+ user account of the data subject and stores the personal data. Google stores the Google+ 1 recommendation of the data subject, making it publicly available in accordance with the terms and conditions accepted by the data subject in this regard. Subsequently, a Google+ 1 recommendation given by the data subject on this website together with other personal data, such as the Google+ account name used by the data subject and the stored photo, is stored and processed on other Google services, such as search-engine results of the Google search engine, the Google account of the data subject or in other places, e.g. on Internet pages, or in relation to advertisements. Google is also able to link the visit to this website with other personal data stored on Google. Google further records this personal information with the purpose of improving or optimizing the various Google services.

Through the Google+ button, Google receives information that the data subject visited our website, if the data subject at the time of the call-up to our website is logged in to Google+. This occurs regardless of whether the data subject clicks or doesn’t click on the Google+ button.

If the data subject does not wish to transmit personal data to Google, he or she may prevent such transmission by logging out of his Google+ account before calling up our website.

Further information and the data protection provisions of Google may be retrieved under https://www.google.com/intl/en/policies/privacy/. More references from Google about the Google+ 1 button may be obtained under https://developers.google.com/+/web/buttons-policy.

14. Data protection provisions about the application and use of LinkedIn

The controller has integrated components of the LinkedIn Corporation on this website. LinkedIn is a web-based social network that enables users with existing business contacts to connect and to make new business contacts. Over 400 million registered people in more than 200 countries use LinkedIn. Thus, LinkedIn is currently the largest platform for business contacts and one of the most visited websites in the world.

The operating company of LinkedIn is LinkedIn Corporation, 2029 Stierlin Court Mountain View, CA 94043, UNITED STATES. For privacy matters outside of the UNITED STATES LinkedIn Ireland, Privacy Policy Issues, Wilton Plaza, Wilton Place, Dublin 2, Ireland, is responsible.

With each call-up to one of the individual pages of this Internet site, which is operated by the controller and on which a LinkedIn component (LinkedIn plug-in) was integrated, the Internet browser on the information technology system of the data subject is automatically prompted to the download of a display of the corresponding LinkedIn component of LinkedIn. Further information about the LinkedIn plug-in may be accessed under https://developer.linkedin.com/plugins. During the course of this technical procedure, LinkedIn gains knowledge of what specific sub-page of our website was visited by the data subject.

If the data subject is logged in at the same time on LinkedIn, LinkedIn detects with every call-up to our website by the data subject—and for the entire duration of their stay on our Internet site—which specific sub-page of our Internet page was visited by the data subject. This information is collected through the LinkedIn component and associated with the respective LinkedIn account of the data subject. If the data subject clicks on one of the LinkedIn buttons integrated on our website, then LinkedIn assigns this information to the personal LinkedIn user account of the data subject and stores the personal data.

LinkedIn receives information via the LinkedIn component that the data subject has visited our website, provided that the data subject is logged in at LinkedIn at the time of the call-up to our website. This occurs regardless of whether the person clicks on the LinkedIn button or not. If such a transmission of information to LinkedIn is not desirable for the data subject, then he or she may prevent this by logging off from their LinkedIn account before a call-up to our website is made.

LinkedIn provides under https://www.linkedin.com/psettings/guest-controls the possibility to unsubscribe from e-mail messages, SMS messages and targeted ads, as well as the ability to manage ad settings. LinkedIn also uses affiliates such as Eire, Google Analytics, BlueKai, DoubleClick, Nielsen, Comscore, Eloqua, and Lotame. The setting of such cookies may be denied under https://www.linkedin.com/legal/cookie-policy. The applicable privacy policy for LinkedIn is available under https://www.linkedin.com/legal/privacy-policy. The LinkedIn Cookie Policy is available under https://www.linkedin.com/legal/cookie-policy.

15. Data protection provisions about the application and use of YouTube

On this website, the controller has integrated components of YouTube. YouTube is an Internet video portal that enables video publishers to set video clips and other users free of charge, which also provides free viewing, review and commenting on them. YouTube allows you to publish all kinds of videos, so you can access both full movies and TV broadcasts, as well as music videos, trailers, and videos made by users via the Internet portal.

The operating company of YouTube is YouTube, LLC, 901 Cherry Ave., San Bruno, CA 94066, UNITED STATES. The YouTube, LLC is a subsidiary of Google Inc., 1600 Amphitheatre Pkwy, Mountain View, CA 94043-1351, UNITED STATES.

With each call-up to one of the individual pages of this Internet site, which is operated by the controller and on which a YouTube component (YouTube video) was integrated, the Internet browser on the information technology system of the data subject is automatically prompted to download a display of the corresponding YouTube component. Further information about YouTube may be obtained under https://www.youtube.com/yt/about/en/. During the course of this technical procedure, YouTube and Google gain knowledge of what specific sub-page of our website was visited by the data subject.

If the data subject is logged in on YouTube, YouTube recognizes with each call-up to a sub-page that contains a YouTube video, which specific sub-page of our Internet site was visited by the data subject. This information is collected by YouTube and Google and assigned to the respective YouTube account of the data subject.

YouTube and Google will receive information through the YouTube component that the data subject has visited our website, if the data subject at the time of the call to our website is logged in on YouTube; this occurs regardless of whether the person clicks on a YouTube video or not. If such a transmission of this information to YouTube and Google is not desirable for the data subject, the delivery may be prevented if the data subject logs off from their own YouTube account before a call-up to our website is made.

YouTube’s data protection provisions, available at https://www.google.com/intl/en/policies/privacy/, provide information about the collection, processing and use of personal data by YouTube and Google.

16. Payment Method: Data protection provisions about the use of________as a payment processor

On this website, the controller has integrated components of _____. ______ is an online payment service provider. Payments are processed via so-called _____ accounts, which represent virtual private or business accounts. _____is also able to process virtual payments through credit cards when a user does not have a _____ account. A ______ account is managed via an e-mail address, which is why there are no classic account numbers. _____makes it possible to trigger online payments to third parties or to receive payments. _____ also accepts trustee functions and offers buyer protection services.

If the data subject chooses _____ as the payment option in the online shop during the ordering process, we automatically transmit the data of the data subject to _____. By selecting this payment option, the data subject agrees to the transfer of personal data required for payment processing.

The personal data transmitted to _____ is usually first name, last name, address, email address, IP address, telephone number, mobile phone number, or other data necessary for payment processing. The processing of the purchase contract also requires such personal data, which are in connection with the respective order.

The transmission of the data is aimed at payment processing and fraud prevention. The controller will transfer personal data to __________, in particular, if a legitimate interest in the transmission is given. The personal data exchanged between ________ and the controller for the processing of the data will be transmitted by _________ to economic credit agencies. This transmission is intended for identity and creditworthiness checks.

_________ will, if necessary, pass on personal data to affiliates and service providers or subcontractors to the extent that this is necessary to fulfill contractual obligations or for data to be processed in the order.

The data subject has the possibility to revoke consent for the handling of personal data at any time from _________. A revocation shall not have any effect on personal data which must be processed, used or transmitted in accordance with (contractual) payment processing.

17. Legal basis for the processing

Art. 6(1) lit. a GDPR serves as the legal basis for processing operations for which we obtain consent for a specific processing purpose. If the processing of personal data is necessary for the performance of a contract to which the data subject is party, as is the case, for example, when processing operations are necessary for the supply of goods or to provide any other service, the processing is based on Article 6(1) lit. b GDPR. The same applies to such processing operations which are necessary for carrying out pre-contractual measures, for example in the case of inquiries concerning our products or services. Is our company subject to a legal obligation by which processing of personal data is required, such as for the fulfillment of tax obligations, the processing is based on Art. 6(1) lit. c GDPR.
In rare cases, the processing of personal data may be necessary to protect the vital interests of the data subject or of another natural person. This would be the case, for example, if a visitor were injured in our company and his name, age, health insurance data or other vital information would have to be passed on to a doctor, hospital or other third party. Then the processing would be based on Art. 6(1) lit. d GDPR.
Finally, processing operations could be based on Article 6(1) lit. f GDPR. This legal basis is used for processing operations which are not covered by any of the abovementioned legal grounds, if processing is necessary for the purposes of the legitimate interests pursued by our company or by a third party, except where such interests are overridden by the interests or fundamental rights and freedoms of the data subject which require protection of personal data. Such processing operations are particularly permissible because they have been specifically mentioned by the European legislator. He considered that a legitimate interest could be assumed if the data subject is a client of the controller (Recital 47 Sentence 2 GDPR).

18. The legitimate interests pursued by the controller or by a third party

Where the processing of personal data is based on Article 6(1) lit. f GDPR our legitimate interest is to carry out our business in favor of the well-being of all our employees and the shareholders.

19. Period for which the personal data will be stored

The criteria used to determine the period of storage of personal data is the respective statutory retention period. After expiration of that period, the corresponding data is routinely deleted, as long as it is no longer necessary for the fulfillment of the contract or the initiation of a contract.

20. Provision of personal data as statutory or contractual requirement; Requirement necessary to enter into a contract; Obligation of the data subject to provide the personal data; possible consequences of failure to provide such data

We clarify that the provision of personal data is partly required by law (e.g. tax regulations) or can also result from contractual provisions (e.g. information on the contractual partner).

Sometimes it may be necessary to conclude a contract that the data subject provides us with personal data, which must subsequently be processed by us. The data subject is, for example, obliged to provide us with personal data when our company signs a contract with him or her. The non-provision of the personal data would have the consequence that the contract with the data subject could not be concluded.

Before personal data is provided by the data subject, the data subject must contact any employee. The employee clarifies to the data subject whether the provision of the personal data is required by law or contract or is necessary for the conclusion of the contract, whether there is an obligation to provide the personal data and the consequences of non-provision of the personal data.

21. Existence of automated decision-making

As a responsible company, we do not use automatic decision-making or profiling.

I agree to these Terms and Conditions
Compartilhe se gostar:
© 2018 - ISA Israel, Todos os direitos reservados. Web Design e Gestão por Projeto VisiOne
Ao usar este site, você concorda com nossos
pt_PTPortuguês